segunda-feira, 18 de junho de 2007

Muito sem graça rsrsrsr

No jardim, dois elefantes estão voando, quando um diz ao outro:-Esquisito! Elefantes não voam.O parceiro responde:-Tens razão...PAM! BUM! Despencam os dois e se estatelam no chão. Então o primeiro lembra: -Mas, tem uma coisa! Elefantes também não falam! -É verdade! Sendo assim, voemos novamente!
(Muito ruim ne rsrsr)

domingo, 17 de junho de 2007

Perfect (Tradução)

Ouvir: http://www.tempoesia1.hpgvip.ig.com.br/internacional/Simple_Plan/Perfect.mid

Ei pai olhe para mim
Pense no passado e me diga
Eu cresci de acordo com os seus planos?
E você pensa que eu estou desperdiçando o meu tempo
Fazendo coisas que eu gosto de fazer?
Mas machuca quando você está sempre me desaprovando
E agora tento ficar bem

Eu apenas queria fazer você se sentir orgulhoso
Eu nunca serei bom o suficiente pra você
Eu não consigo fingir que
Eu estou bem
E você não pode me mudar
Porque nós perdemos tudo
Nada dura para sempre
Me desculpe
Eu não posso ser perfeito
E agora é apenas muito tarde
Nós não podemos voltar atrás
Me desculpe
Eu não posso ser perfeito

E tento não pensar
Sobre a dor que eu sinto interiormente
Você sabia que você era o meu herói?
Todos os dias que você passou comigo
Agora parecem tão longe
E parece que você não se preocupa mais
E agora eu tento ficar bem
Eu apenas queria fazer você se sentir orgulhoso
Eu nunca serei bom o suficiente pra você
Eu não consigo suportar outra briga
E nada está bemPorque nós perdemos tudo
Nada dura para sempre

Me desculpe
Eu não posso ser perfeito
E agora é apenas muito tarde
Nós não podemos voltar atrás
Me desculpe
Eu não posso ser perfeito

Nada vai mudar as coisas que você disse
Nada vai fazer isso certo novamente
Por favor não vire as costas
Eu não consigo acreditar que é tão difícil
Somente falar com você
Mas você não entende
Porque nós perdemos tudo
Nada dura para sempre

Me desculpe
Eu não posso ser perfeito

E agora é muito tarde
Nós não podemos voltar atrás
Me desculpe
Eu não posso ser perfeito
Porque nós perdemos tudo
Nada dura para sempre
Me desculpe
Eu não posso ser perfeito
E agora é apenas muito tarde
Nós não podemos voltar atrás
Me desculpe

Eu não posso ser perfeito...

Circuladô de fulô

O bicho

Vi ontem um bicho

Na imundície do pátio
Catando comida entre os detritos.
Quando achava alguma coisa,
Não examinava nem cheirava:
Engolia com voracidade.
O bicho não era um cão,
Não era um gato,
Não era um rato.

O bicho, meu Deus, era um homem.

(Manuel Bandeira)

Fãs