sexta-feira, 9 de julho de 2010

Larissa Riquelme, filme pornô, monetização e graça


Não sou um blogueiro profissional (ainda o/) mas leio blogs desde épocas remotas, e isso permite observar algumas tendências naturais neste mundinho da blogosfera que pouco mudou nestes longos anos 2000.
Poderíamos dividir os blogs em 4 grupos: Os blogs chatos que não faturam (maioria), os blogs criativos que não faturam, os blogs chatos que faturam e, pasmem, os blogs criativos que faturam.
Algumas vezes, quando falo com pessoas que nunca tiveram grande curiosidade pelo assunto “BLOG”, acontece de cairmos no assunto HYPES, aninal, a gostosa da semana ou a polêmica da TV ajudam SIM no faturamento de um blog.
Na verdade, muitas vezes O SUSTENTAM.


Aí entramos no assunto FICAR RICO, e quando se fala disso partindo da plataforma INTERNET, geralmente se diz:

FAZ UM SITE PORNÔ ORAS!

Parece óbvio.
Se um determinado “ramo” de assunto supera massivamente a visitação das demais páginas incluindo a home do site, pq não dedicar-se profissionalmente a produzir artigos dessa natureza?

Vamos por partes:
1. Ao contrário do que se pensa, fazer um site erótico/pornô é chato. Visitar alguns e depois esquecê-los é bem mais interessante.
2. A esmagadora maioria dos pró-bloggers brasileiros recomendam o Google Adsense como melhor programa para gerar dinheiro com sites – até eu uso e recomendo – e o Adsense segue a mesma linha do Google Pesquisas em relação a sexo: não pode. Isso não quer dizer que um post com título “fazendo de tudo – Download do ” vá sr motivo de uma punição imediata da sua conta no Ads, mas vários títulos dessa natureza podem banir mais cedo ou mais tarde o seu blog.
3. Blogs criativos geralmente recebem mais links do que os de “artigos previsíveis”.

Muita gente reclama do Adsense, principalmente quem não ganha com o Adsense.
Na verdade, não é de um dia para o outro que se acha a manha de monetizar um site.
Para mim, a melhor maneira de se aprender a gerar renda com um blog, é acompanhar bons blogs que faturam com o Adsense.
Não é tão difícil identificar, pois geralmente o autor do blog cai vez ou outra no assunto MONETIZAÇÃO, pois esta é uma pauta constante no seu dia-dia.
Mas há um detalhe: Bons blogs que faturam com o Adsense. Isto é possível?
Felizmente sim.

É o caso do sensacional blog capixaba TRETA, que sabe como ninguém conciliar hypes e artigos de qualidade em suas publicações.
Na verdade, editores como o Ivo Neuman conseguem fazer com que hypes virem posts de qualidade, o que dignifica sobremeneira o fato daquele blogueiro viver do seu próprio site.
Viver do meu próprio site é algo que eu persigo e que sei que mais cedo ou mais tarde vai acontecer.
Ok, ok, o domínio próprio já está encaminhado e o layout vai melhorar, mas o estímulo do Adsense e das pessoas que vêm aqui comentar os posts que escrevo como quem acha que não vai ser lido fazem valer a pena o tempo gasto em buscar coisas legais na internet e deixar uma opinião pessoal.

Mais uma coisa: um blog bem-feito como o Treta recebe links de toda parte da internet, o que melhora razoavelmente sua localização para os motores de busca.
Esses links naturais dificilmente acontecem com sites FEITOS PARA HYPES, afinal, não tem graça acompanhar estes sites, muito menos linkar.
Os próprios editores desses sites devem achar chato e monótono atualizar constantemente a sua compilação de EFEMERIDADES.
Não troco por nada a sensação de PRAZER no trabalho de produzir um post, curto ou longo, sobre algo que REALMENTE me interessou e me fez querer mostrar para todos.

Essa linha tênue é conseguida com primor pelo Treta, o que me faz considerá-lo O blog brasileiro do momento, lembrando a época áurea do novo-MUNDO.

É isso.
Té mais seus mercenários gente!
Comentários
4 Comentários

4 Comentários. O que VOCÊ acha?:

  1. Larisa te amo gostosa!

    ResponderExcluir
  2. Procurei alguma frase Cardoso style pra fechar o post, mas nada.
    Fica assim mesmo.

    __________________

    Concordo, Rafa, ainda mais sem celular entre-seios u.u

    ResponderExcluir
  3. Muito legal essa postagem eu ainda não tenho uma conta no ADS mas estou na luta é muito complicado a aprovação AFFF

    ResponderExcluir

Incluir links nos comentários

Fãs